09/09/2022 – Destaque Econômico

  • Preços das commodities em reais mantiveram trajetória de queda em agosto. O IC-Br caiu 0,72% no mês passado, na margem, acumulando alta de 4,45% em 2022. O resultado refletiu a apreciação cambial do período e, principalmente, a queda das cotações internacionais das commodities, diante da expectativa de queda da demanda global nos trimestres à frente. Todas as aberturas tiveram contribuições baixistas no período, com destaque para energia (-1,96%) e metálicas (-1,14%). Em doze meses, o IC-Br acumula alta de 17,7%, ante 22,6% em julho.

Fonte: Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos Bradesco

Notícia selecionada por Meirelles e Meirelles Advogados – Empresarial Limeira